em 23 Jun
  • Categoria: Aprendendo Sobre Café

Você adora café mas ainda tem dificuldades de entender a diferença entre o tradicional cafezinho preto da padaria e uma xícara preparada com grãos especiais? São alguns detalhes ao longo do processo que diferem o café tradicional, gourmet e especial. Vem entender! 


Café tradicional

Produzido em larga escala e vendido a preços inferiores, o café tradicional geralmente é composto por grãos conilon, com alta incidência de impurezas que alteram o sabor. Para disfarçar, o café passa por uma torra bastante escura e uma moagem bem fina. 


Café gourmet

Torrado e moído, o café gourmet é feito apenas a partir da espécie Arábica, considerada a mais nobre. Por isso, tem qualidade superior ao tradicional e mais especificidades nas etapas de produção - como o menor tempo de torra, que preserva o açúcar natural do grão. 


Café especial 

O café especial recebe o título se for produzido com 100% dos grãos da espécie Arábica, tiver certificação sócio-ambiental e conquistar no mínimo 80 pontos na análise sensorial da BSCA Associação Brasileira de Cafés Especiais. Todo o processo de produção é mais cuidadoso, é produzido em pequena escala e tem preço mais elevado para o consumidor final. 


E aí, deu para entender a diferença entre os três tipos de café? Qual o seu preferido? 


Fonte: O Globo. 


Compartilhe:

Comentários ()

Ninguém comentou ainda, seja o primeiro.

Escreva seu Comentário

Este website utiliza cookies.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego.
Confira nossa Política de Cookies | Políticas de Privacidade

Aceitar todos os cookies Personalizar